Glossário da UQ

Na Universidade das Quebradas utilizamos nomes específicos para alguns termos. Logo, é comum outras pessoas terem alguma dificuldade com a terminologia “quebradeira”. Pensando nisso, reunimos aqui alguns desses termos para você navegar bem nas Quebradas!

Chegança = programação especial para a abertura de cada curso, quando os quebradeiros dos cursos anteriores recebem os chegantes.

Dia a Dia = todos os posts do site em ordem cronológica.

Fala Quebradas! = projeto editorial multidisciplinar idealizado pelo quebradeiro Felipe Boaventura que visa operar literatura, periferia e cultura digital na produção de textos em prosa e poesia desenvolvidos pelos quebradeiros.

Quebradas = nome dado, em São Paulo, às favelas e zonas periféricas das grandes metrópoles. Transmitida à juventude das periferias brasileiras, pelas vozes dos rapeadores paulistas, transfigurou-se em uma expressão idiomática na cultura hip hop. Um exemplo: Mano Brown homenageia os manos (trutas) e os seus lugares de origem (Quebradas) no rap Trutas e Quebradas que faz parte do disco: Nada como um dia após o outro – Racionais mc’s. Vem daí o nome Universidade das Quebradas, que também está ligado à beleza e à polifonia desta palavra.

Quebradeiro = artista e produtor cultural das quebradas, para quem foi criado o curso de extensão Universidade das Quebradas, PACC – UFRJ. O curso teve, nas suas quatro primeiras edições, a duração de um ano. A partir de 2015, o período do curso será de um semestre. Sem ter sido previsto no momento de sua criação, aconteceu que os quebradeiros que recebiam o certificado, voltavam a participar das aulas e do programa das edições posteriores. Por isso criou-se a expressão “Uma vez quebradeiro, sempre quebradeiro!”.

Quebrando pela Cidade = local onde os eventos e programações da Universidade das Quebradas, de parceiros ou quebradeiros ficam expostos no site da UQ.

Quebradeiro Mestre = é o quebradeiro que atua como orientador dos seus pares. Esta orientação se refere às funções de catalizador das ideias e dos temas a serem trabalhados, e de agregador dos envolvidos nas várias tarefas.

Quebradeiros em Destaque = são quebradeiros que produzem ou apresentam trabalhos de destaque em seus respectivos ambientes artísticos.

Pré-aula = é a introdução às aulas, publicada no site, pelo professor convidado. O professor pode enviar um texto com a pauta da aula, indicações bibliográficas, comentários sobre o tema etc. O objetivo é que os participantes tenham a alternativa de preparar a sua recepção da aula.

Pós-aula = são os restos da aula: gravações de parte de toda a aula; comentários dos quebradeiros sobre a aula; possíveis produções de trabalhos estimulados ou desencadeados pela aula.

Projetos Quebradeiros = são os projetos realizados pelos quebradeiros.

Território do Encontro = momento antes das aulas onde os quebradeiros trocam experiências, programações, trabalhos e eventos, além de se servirem de lanche.

Território da Linguagem = encontro regular onde os quebradeiros trabalham assuntos ligados à literatura e à língua portuguesa em geral.

Território da Palavra = encontro regular, no segundo tempo, depois das aulas, em que os quebradeiros trabalham assuntos ligados à aula dada naquele dia e a outros temas demandados. Espaço onde os quebradeiros apresentam seus respectivos trabalhos, desafios encontrados e experiências.