Programa 2017

O Programa 2017 da Universidade das Quebradas traz novidades, porque a partir deste ano, a ênfase será na profissionalização e sustentabilidade dos projetos individuais dos quebradeiros. Para tanto, as manhãs serão dedicadas a oficinas e palestras com foco na logística de produção das atividades culturais dos participantes, com o apoio do curso de empreendedorismo da Agência UFRJ de Inovação e da ESPM.

Nosso estudo de caso será a formação social e racial do Brasil contemporâneo. Estudaremos em profundidade dois momentos decisivos deste debate – o Romantismo do século XIX, logo após a declaração da República e o Modernismo do início do século XX, na transição de uma economia rural para a industrial. Os livros estudados serão: Iracema, de José de Alencar, e Macunaíma, de Mário de Andrade.

No final do primeiro semestre, quebradeiros apresentarão um projeto sobre sua visão de raça, gênero e sociedade no Brasil contemporâneo.  

No segundo semestre, através de uma parceria com o Museu de Arte do Rio (MAR), essa questão será estendida no campo das artes plásticas e da cultura visual.

Sejam bem-vindos a esta importante discussão!

Ficou interessado? Então faça sua inscrição aqui.