3 comentários

  1. igor sancha
    igor sancha 27 de novembro de 2012 at 15:30 |

    sou aluno do teatro e sei muito bem que nao vai fecha isso e coisa de gente que nao tem oque fala ai fica causando noticias besta ….

    Reply
  2. Pablo Ramoz
    Pablo Ramoz 15 de novembro de 2012 at 10:38 |

    Interessante, curioso. Quero saber mais. Estou participando de um movimento para construir um inventário cultural e turístico da zona oeste. A ideia é criar um “Biomapa da zona oeste”. Acho que pode afinar com a proposta Kennedy.

    Reply
  3. Bea Meira
    Bea Meira 15 de novembro de 2012 at 9:50 |

    Sobre a Vila Kennedy, preciso contar uma coisa interessante:
    Em uma mesa que assiti no II seminário internacional Reconfigurações do Público: Arte, Pedagogia e Participação no MAM, o curador Jaime Cerón (Colômbia), apresentou um projeto realizado em um lugar chamado Cidade Kennedy. Um conjunto habitacional construído na Colômbia nos anos 60, no qual os moradores se reuniram hoje, e entre outras produções promoveram reflexões críticas e visuas sobre a família Kennedy. É sensacional. Não achei nada na internet. Mas pensei imediatamente na Vila Kennedy, e na possibilidade de se fazer um mapeamento de uma geografia “Kennedy” na América Latina. E, por exemplo, criar uma rede de intercâmbio que desvende a influência americana nestes países na década de 1960. Sei que existem várias Avenidas Kennedys, inclusive aqui no Brasil.

    Reply

Deixe um comentário