4 comentários

  1. angela.carneiro
    angela.carneiro 7 de maio de 2014 at 20:50 |

    Aí Valéria um belo mosaico, nos vemos dia 13, venha marcar seu território!

    Reply
  2. Sandra Lima
    Sandra Lima 7 de maio de 2014 at 17:32 |

    Demais minha mana, a sua existência já é uma linda poesia.
    Sua fã incondicional.

    Reply
  3. Valéria Barbosa
    Valéria Barbosa 7 de maio de 2014 at 17:20 |

    Queridos eu estarei no próximo encontro dos Quebradeiros.
    Estou cumprindo uma missão quebradeira, trabalhando com 25 mulheres da Cidade de Deus, elas fazem parte do Projeto Cooperativa de Ecobrindes da Cidade de Deus. Já aprenderam modelagem, corte, costura e agora irão começar as aulas de Serigrafia a seguir teremos aulas de Gestão de negócios.

    Também estou como instrutora de um grupo de 25 jovens da Cidade de Deus, ou seja eu estou 50 vezes na junção dos pedaços e a cada dia descubro o quanto é bom ter a auto estima fortalecida para poder acreditar no potencial do outro.

    Nestes trabalhos tenho encontrado desafios que são alavancas para o lirismo de minhas poesias. Sou poeta da ação e da aprendizagem.

    Não posso ficar de fora das Quebradas que me tornam inteira. Apenas uma pequena licença para juntar os retalhos e construir o ritmo do meu viver.
    Grata Francisca pelo carinho.

    Reply
  4. Francisca Maria Fernandes
    Francisca Maria Fernandes 7 de maio de 2014 at 16:51 |

    Quanta poesia em sua fala, quisera saber reconhecer o brilho de suas pegadas.. Quantos verbos desafogados de afetos pela vida. Que lampejos de luz e sons em sua narrativa de Mulher plena no cotidiano das emoções…Sinto muito por está ausente, ontem. Muita Beleza em expansão por sua mente.

    Reply

Deixe um comentário