2 comentários

  1. Beá Meira
    Beá Meira 17 de dezembro de 2013 at 23:17 |

    A entrevista com o Bruno Torturra é fascinante.
    Eles verbalizam todas as minhas inquitações: A chave é oferecer mais do que você pede em troca. Evolução para uma sociedade mais coletiva, amor, rosa choque. Depois de junho pensei num projeto: cadeiras para praça de guerra. Eles, os que praticam a antiga violência, precisam refletir, dialogar e parir a sociedade do futuro.
    Quebradeiros, assistam!

    Reply
  2. Carlo Alexandre Teixeira
    Carlo Alexandre Teixeira 17 de dezembro de 2013 at 13:35 |

    U A U !! Inteligência a vista!

    Reply

Deixe um comentário