Um comentário

  1. ZineØØ
    ZineØØ 8 de fevereiro de 2014 at 4:19 |

    Estrelas se desprendem do céu para iluminar nosso chão – bem lembrei de Orestes Barbosa no seu chão de estrelas! E a Janaína Tavares que ilumina os passos tão bem dados, essas poetas da Baixada que se arriscam a fazer cultura, e esse povo que se mete a fazer filmes, é tudo fósforo! tudo desse combustível que tenho a honra de acompanhar de perto, esse inflamável verso! parabéns estrelinha, mais um quadradinho de chão devidamente iluminado!
    beijuuuuuus!
    Xandu

    Reply

Deixe um comentário