2 comentários

  1. Francisca Maria Fernandes
    Francisca Maria Fernandes 30 de dezembro de 2013 at 14:26 |

    Até o momento fortes imagens, ainda me chegam e chegarão sempre, em transmute forma do Belo Documentário de Carmem Luz, e a fala brilhante de Jéssica. Muito gratificante trocar momentos de pleno conhecimento, e afetos generosos na troca, de inspiração, e criação por esse final de semestre que elevam o saber, e me levam a refletir muitíssimo sobre o trabalho no Coletivo de artes das Quebradas. Do qual no momento aguardo ansiosa por retornar à pauta dos trabalhos traçados ao projeto ABDIAS NASCIMENTO. Antes de Ás horas últimas de 2013 se esvaem dando espaços as 2 mil toneladas de fogos por toda praia de Copa, quero agradecer pelas as frutíferas horas em releituras de meus acertos e desacertos em pedagogia teatral, me felicitando, ABRAÇANDO a todos e todas em compartilhar nesse espaços, pensamentos, e criações. agradeço pela simplicidade e generosidade de cada um, em especial as nossas mentoras,coordenadoras, mestres,organizadoras, por momentos de plenos deleite, admiração do exercício da Função. E que 2014 possa está integrada aos acervos efetivos da Universidades das Quebradas, e podendo corresponder com maiores expectativas seus processos e ações. AVOÉ!!!

    Reply
  2. Tetsuo Takita
    Tetsuo Takita 20 de dezembro de 2013 at 14:29 |

    O melhor de tudo sem dúvida foi a fala sempre efusiva da nossa amada Jéssica e mediação do vibrante e inquieto poeta Xandú.
    Amo vcs!!!!

    Reply

Deixe um comentário