2 comentários

  1. JUSSARA DE MEDEIROS SANTOS
    JUSSARA DE MEDEIROS SANTOS 4 de fevereiro de 2014 at 11:31 |

    Eitá gente quebrada!!! Um longo abraço virtual quebrado para todos. Sucesso no caminhar de cada um.

    Reply
  2. Fabio Augusto
    Fabio Augusto 31 de janeiro de 2014 at 16:19 |

    Terra a vista!!! Mal entramos no mar e logo vejo um porto…Ainda não sei se o porto é seguro,mas juro,seguirei esse rumo,me manterei no prumo firme no propósito de descobrir novas histórias,encontrar caminhos e traz elos pro mar.Mar…mar de gente,mar do prosa mar que põe tudo em movimento,de manhã o mundo das cartografias, a tarde o Marechal e a batalha do conhecimento…Aproveito então esses momentos,pra misturar os meus sentimentos,mudar todos os procedimentos e falar do meu lugar,Vou levar a baixada pro mar,só pra contrariar…Ai os caras vão pirar,Baixada é muito mais que bang bang,é mais cultura e menos sangue,é quase Recife só faltou o mangue…Aqui tem musica,tem poesia,tem teatro,tem vida!Mas também tem fome,esquecimento e desgoverno,pra mim, esse é o grande erro,não mudar esse modelo.Somos quase condenados ter sub emprego,ser sub julgado, a viver amuado, a sofrer calado…É isso que quero mudar ao levar a Baixada pro mar,provar que todo lugar é lugar,que todos podem estudar,mostrar que pra colher,tem que plantar.Quero muito que de alguma forma esse turbilhão de talentos, que é a turma das Quebradas 2013, deixe o seu legado.Vamos abraçar nossos projetos para colocarmos em prática e mostrar que podemos fazer a diferença.Vambóra!!!

    Reply

Deixe um comentário